(033) 3331-2870      contato@dracarlaalmeida.com.br    |   

Os cuidados com a pele sensível

Se na sua rotina é comum aparecerem sintomas como: coceira, ardência, descamação, ressecamento ou vermelhidão, fique atento, sua pele pode ser do tipo sensível. Acontece que essas ocorrências levam a uma inflamação, muitas vezes crônica, que altera a sensibilidade da pele e acaba exigindo alguns cuidados.

As regiões mais atingidas são aquelas em que há dobras (atrás dos joelhos e axilas) ou aquelas em que há atrito da pele (virilha e entre as pernas). Os sintomas pioram especialmente nos dias mais quentes por causa do aquecimento e da umidade provocados pela transpiração excessiva. 

Normalmente esse quadro surge por algumas circunstâncias, entre as quais podemos citar:

- Falta de hidratação da pele; 

- Excesso de sabonete que retira a camada de proteção epitelial;

- Condições naturais e genéticas da pele, que a tornam mais fina e, portanto, mais delicada;

- Doenças de pele como atopia, psoríase, rosácea, dermatite de contato, dermatite seborreica e etc;

Para evitar todos esses incômodos, é importante preservar a barreira cutânea, mantendo-a bem hidratada. E isso pode ser feito das seguintes formas:

- Ingestão generosa de água e outros líquidos; 

- Uso contínuo de hidratantes específicos para o tipo de pele em questão, especialmente no pós-banho;

- Redução no uso de sabonetes aplicados diretamente na pele; 

- Investimento em produtos com ativos prebióticos e outros componentes que endossam a hidratação, como ácido hialurônico e água termal;

- Diminuição no uso de produtos com perfumes e corantes, bem como a não exposição a temperaturas extremas - banhos muito quentes, por exemplo. 

Antes de tomar quaisquer desses cuidados, porém, vale marcar uma consulta com o dermatologista. Ele poderá investigar as causas para a sua sensibilidade e cuidar da sua pele de forma personalizada, indicando o tratamento e os produtos mais adequados.

Fonte: Medical Site

05 de Novembro de 2020

Agende sua consulta!